Blog do Galeno Observatório do Livro e da Leitura

22 de janeiro de 2018

Diversidade cultural para o pequeno leitor

Cristiane Tavares

Aprendiz da Imperfeição
Uma narrativa poética, marcada pela circularidade do enredo e pela beleza das ilustrações. Um jovem e um grande pintor estabelecem uma relação de aprendiz e mestre, na qual se misturam ensinamentos sobre a arte e o sentido da vida. Desafiando a vaidade e o poder, o que se busca é o aprimoramento – da pintura e da existência – em oposição à rigidez e à perfeição, tantas vezes utilizadas para definir de modo reducionista a cultura japonesa. “A perfeição é insuportável”, diz o mestre ao jovem aprendiz. Destaque para a forma como a passagem do tempo se constrói nas ilustrações e para o uso das cores como metáfora visual.

No Tempo do Verão – Um Dia na Aldeia Ashaninka
O livro integra a coleção Um Dia na Aldeia, uma parceria da editora com a escola de cinema para povos indígenas Vídeo das Aldeias. O DVD que acompanha o livro traz um documentário, do cineasta indígena Wewito Piyãko, retratando um dia de verão em sua aldeia, no Acre. Filmado com espontaneidade, permite acompanhar de perto as crianças indo à escola, aprendendo a confeccionar utensílios com os mais velhos, pescando e brincando. Inspirada nessas imagens, a ilustradora cria cenas belíssimas, destacando a variedade de cores e texturas, sob diferentes perspectivas. O texto é um relato singelo desse dia. As diferentes linguagens contribuem para aproximar crianças de diferentes culturas e desmistificar ideias preconcebidas sobre os povos indígenas brasileiros.

Diálogos de Samira – Por Dentro da Guerra Síria
A correspondência virtual entre dois adolescentes – Samira, brasileira, e Karim, sírio refugiado em Beirute – é a base do enredo. Procurando se aproximar do universo dos dois jovens, principalmente pela linguagem própria dos e-mails, as autoras priorizam a troca de informações sobre aspectos culturais, históricos e religiosos no diálogo que se estabelece. Bashar al-Assad, o Estado Islâmico e o Exército Livre da Síria estão entre os verbetes do glossário final, assim como o termo islamofobia. Apesar do didatismo que se mescla à ficção, a trama se desenvolve com bom ritmo, mesclando transcrições de notícias a parágrafos sobre os sentimentos e as relações familiares dos jovens que se correspondem sem previsão de um dia se encontrar.

(Brasileiros - 31/12/2015)

*

Cristiane Tavares é mestre em literatura e crítica literária pela PUC de São Paulo.

Mais Colunistas

Todas as notícias sobre "Colunistas"

Receba por e-mail


Cadastre-se!

Livrômetro

Relógio da leitura no Brasil

45.360.000

Livros lidos em 21 dias de 2018 no país